• Seja bem-vindo, hoje é Quarta-Feira, 20 de Junho de 2018

Lentes de Contato

Aumentar Letra
Diminuir Letra

Assim como os óculos de grau, as lentes de contato servem para corrigir erros de refração, como miopia, hipermetropia, astigmatismo ou presbiopia (vista cansada, que substituem os óculos para perto e possibilitam boa visão para longe), só que com a grande vantagem de não interferir na estética do rosto do paciente, e na maioria das vezes elas melhoram a qualidade da visão. As lentes também podem ser indicadas para o tratamento de algumas doenças oculares, como o ceratocone, e as lentes cosméticas para correção da estética ocular.

As lentes de contato podem melhorar a qualidade de vida e a auto-estima dos usuários. As lentes de contato proporcionam bem-estar no dia-a-dia do usuário, dando a opção do uso de óculos esporte; liberdade em eventos ou festas sem o uso dos óculos de grau; prática de esportes com mais conforto; e, para mulheres, torna-se mais satisfatório o uso de maquiagem. Além disso, existe também a opção de lentes coloridas, como verde, mel, azul, cinza, castanho, etc., há uma variedade de cores que podem acrescentar brilho aos seus olhos.

Para saber se uma pessoa poderá usar lentes de contato é indispensável a realização do teste de adaptação. Existem variados tipos de lentes e a indicação dependerá da necessidade de cada um e só o oftalmologista poderá fazê-la.

Tipos e Características

Nenhum tipo de lente é melhor que o outro. Durante a consulta, o oftalmologista do HOS avaliará seu problema visual, a curvatura de sua córnea e indicará para você o tipo de lentes que melhor se adapta ao seu estilo de vida e características específicas dos seus olhos.

  • Lentes Rígidas Gás-permeáveis: são de consistência semi-flexíveis e menores que a córnea. São especialmente indicadas para a correção de astigmatismo (moderado e alto) e do ceratocone, pois melhoram a qualidade da visão, além de permitirem a passagem de grande quantidade de oxigênio à córnea. Podem ser de uso diário ou de uso prolongado (fluorcarbonadas).
  • Lentes Gelatinosas: quase não são percebidas no olho, são de rápida adaptação e mais confortáveis que as rígidas.

Lentes de Contato Rígidas e Gelatinosas

As lentes gelatinosas são classificadas em três tipos

Esféricas: podem ser descartáveis ou de uso prolongado (1 ano), incolores ou coloridas. São indicadas para miopia ou hipermetropia. São adequadas à prática de esportes, pois raramente se deslocam.

Tóricas: podem ser descartáveis ou de uso prolongado (1 ano). São indicadas para a correção do astigmatismo, são incolores e de espessura mais consistentes e por isso proporcionam melhor visão, adaptando melhor a córnea.

Multifocais: são descartáveis e indicadas para quem tem vista cansada (presbiopia), própria da população acima dos 40 anos de idade. Proporcionam correção da visão para longe e perto.


Alguns cuidados essenciais

O sucesso do uso de lentes de contato depende de alguns fatores. É importante lembrar que a maior parte das complicações oculares são resultado de falta de cuidado dos usuários. Limpeza, enxágüe, desinfecção e remoção de proteínas são etapas de fundamental importância para conservar a qualidade ótica das lentes. Remover depósitos lacrimais e evitar ambientes poluídos também previnem contra problemas oculares. Vejam alguns cuidados para se ter sucesso com suas lentes:

  • A prescrição deve ser apropriada, feita por um oftalmologista;
  • Lave bem as mãos antes de manusear as lentes;
  • Lave as lentes somente com produtos de limpeza indicados pelo oftalmologista;
  • Nunca limpe as lentes com água corrente ou saliva;
  • Não deixe as lentes entrarem em contato com substâncias gordurosas, tais como cremes, pomadas ou produtos em aerosol;
  • Não ultrapasse o tempo de uso sugerido pelo médico;
  • Evite pegar as lentes com objetos pontiagudos ou com as unhas (mantê-las curtas e lixadas);
  • É recomendável colocar as lentes antes de usar maquiagem, ainda assim evitando excessos;
  • Usar óculos escuros para uma maior proteção;
  • Não mergulhar em praias, piscinas, saunas e rios com as lentes, a fim de não correr o risco de contaminação;
  • Trocar o estojo das lentes de preferência a cada três meses;
  • Não usar colírios sem indicação oftalmológica;
  • Não é recomendável para todo paciente dormir com as lentes, porque diminui o poder de oxigenação da córnea. Para conseguir dormir, é necessário que as lentes sejam apropriadas para tal, córneas que tolerem bem o seu uso contínuo e paciente consciente dos riscos que está sendo submetido.
  • É importante submeter-se a exames oculares periodicamente;
  • Em caso de algum problema, você deve procurar seu oftalmologista;
  • Precisa-se ter força de vontade para ultrapassar o período de adaptação;

Quem não deve usar:

Pacientes que apresentem acentuada Síndrome do Olho Seco, infecção ocular (aguda ou crônica), diabéticos instáveis, pacientes imunossuprimidos ou que não estejam dispostos a realizar a correta assepsia.

Marque a sua consulta!
Marque sua Consulta Pelo Whatsapp
Urgência Oftalmológica

Horário de Funcionamento: de Segunda a Sexta das 7h às 19h e Sábado das 8h às 12h


Unidade São José: Rua Campo do Brito, 995, Bairro São José CEP 49020-380 | Rua Const. João Alves, 350, Bairro São José CEP 49020-340 | Aracaju - Sergipe
Unidade Centro Médico Jardins: Av. Min. Geraldo Barreto Sobral, 2131, Térreo, Bairro Jardins CEP 49026-010 | Aracaju - Sergipe
Unidade Lagarto: Rua Josias Correia Fontes, 22, Bairro Centro (próximo ao Hospital Nossa Senhora da Conceição) CEP: 49.400-000 | Lagarto-Sergipe


Copyright© HOS - Hospital de Olhos de Sergipe - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por: WebD2