• Seja bem-vindo, hoje é Segunda-Feira, 20 de Agosto de 2018

Doenças - Degeneração Macular

Aumentar Letra
Diminuir Letra

O QUE É

Geralmente associada com o processo do envelhecimento, a degeneração macular é a principal causa de baixa visual acima de 65 anos de idade, mas também pode afetar pessoas com idades menores. 

A degeneração macular relacionada à idade (DMRI) é um processo degenerativo que afeta a mácula (parte central da retina responsável pela visão de detalhes, visão central e visão de cores). É uma doença que normalmente afeta ambos os olhos, embora nem sempre seja ao mesmo tempo e da mesma forma. 

CAUSAS

A DMRI é uma doença causada por alterações decorrentes do envelhecimento do olho. Os principais fatores que aumentam o risco são: idade aumentada, tabagismo, cor branca e história familiar.

SINTOMAS

A DMRI não provoca dor, só a alteração da função visual. Também não provoca cegueira completa, já que a DMRI só deteriora a visão central, permanecendo normal a visão periférica.

Os principais sintomas são:

- Percepção de mancha escura ou visão borrada na parte central da visão.
- As linhas retas aparecem torcidas, inclinadas ou interrompidas em algum ponto.
- Dificuldade na leitura (letras distorcidas).
- Palidez nas cores.

TIPOS

Existem 2 formas de DMRI: seca ou atrófica e úmida ou exsudativa (hemorrágica).

Forma “seca” (85 a 90% dos casos): caracteriza-se por uma perda gradual da visão central. Decorre de acúmulos branco-amarelados por debaixo da retina (drusas), que com freqüência constituem o 1º sinal de degeneração macular, inclusive antes de aparecer a perda da visão. A baixa visual raramente é grave nesta forma.

Forma “úmida”: caracteriza-se por uma perda aguda (rápida) da visão. Geralmente ocorre quando pequenos vasos sanguíneos crescem, por razões desconhecidas, de maneira anormal e descontrolada na área macular, dando lugar a saída de líquido e/ou de sangue.
Obs: A forma “seca” pode evoluir para forma “úmida”.

DIAGNÓSTICO

O diagnóstico pode ser feito através de um exame oftalmológico completo. Normalmente, são necessários alguns exames complementares, como angiofluoresceinografia (retinografia fluorescente) e tomografia de coerência óptica (OCT) da retina. 

TRATAMENTO

O tratamento depende fundamentalmente do tipo em que se encontra a DMRI. O objetivo do tratamento é deter ou minimizar essa progressão. A forma seca é tratada com medicação oral (anti-oxidantes) específica para a doença. A forma úmida é tratada com medicação antigiogênica, como exemplo a aplicação intra-ocular de Avastin, Lucentis ou Eylia, que é uma pequena e rápida (5 minutos) cirurgia. Normalmente, há necessidade de 3 aplicações mensais dessa medicação dentro do olho. Posteriormente, são feitas reavaliações para determinar se foram suficientes ou se novas aplicações serão necessárias.

Além disso, recursos visão subnormal (lupas, entre outros) são úteis para melhorar a visão periférica residual. O nosso departamento de visão subnormal pode lhe ajudar neste sentido, marcando um teste de visão subnormal pelo seu convênio. O uso da visão (leitura, TV, etc.) não prejudica o portador de DMRI. Aliás, quanto mais usar esses recursos, mais será capaz de tirar melhor partido dos mesmos.

PREVENÇÃO

Os cientistas ainda estão pesquisando as causas da DMRI, mas as recomendações atuais incluem:

- Ingestão de uma dieta pobre em gorduras, rica em vegetais e folhas verdes, tais como espinafre e couve;
- Proteção dos seus olhos contra os raios ultravioletas, usando óculos de sol com proteção (adequada) UV;
- Fazer exercícios físicos regularmente;
- Parar ou nunca começar a fumar.
Marque a sua consulta!
Marque sua Consulta Pelo Whatsapp
Urgência Oftalmológica

Horário de Funcionamento: de Segunda a Sexta das 7h às 19h e Sábado das 8h às 12h


Unidade São José: Rua Campo do Brito, 995, Bairro São José CEP 49020-380 | Rua Const. João Alves, 350, Bairro São José CEP 49020-340 | Aracaju - Sergipe
Unidade Centro Médico Jardins: Av. Min. Geraldo Barreto Sobral, 2131, Térreo, Bairro Jardins CEP 49026-010 | Aracaju - Sergipe
Unidade Lagarto: Rua Josias Correia Fontes, 22, Bairro Centro (próximo ao Hospital Nossa Senhora da Conceição) CEP: 49.400-000 | Lagarto-Sergipe


Copyright© HOS - Hospital de Olhos de Sergipe - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por: WebD2